Campanha: Leia. Seja.

Por Lorrane Fortunato

24 de outubro de 2017

>







Olá, leitores! Tudo bem?
Hoje eu venho falar um pouco da “Campanha – Leia. Seja.”

* O que é?

A Leia.Seja. é uma campanha realizada pelo Sindicato Nacional dos Editores de Livros para difundir a mensagem do valor do livro e seu papel transformador na sociedade através de um time de personalidades fantasiadas de personagens clássicos da literatura brasileira e mundial.

Pedro Bial (Sherlock Holmes), Bela Gil (Capitu), Bernardinho (Capitão Rodrigo), Cauã Reymond (Dom Quixote), Washington Olivetto (Visconde de Sabugosa) e Baby do Brasil (Emília) vestiram sua paixão pelas histórias para transmitir a mensagem de que, ao ler, a pessoa é transportada para quantos lugares, sentimentos e reflexões a imaginação permitir, estimulando a criatividade, a inspiração e o saber. 



* Qual é objetivo? 

Essa campanha tem como objetivo ganhar o país no Dia Nacional do Livro, comemorado em 29 de outubro, numa divulgação conjunta em espaços públicos, bibliotecas, lojas e redes sociais.

E tem o apoio das livrarias, editoras, distribuidoras e entidades do livro.

* Como participar?

Contribuir com essa campanha é muito fácil! Durante as comemorações do Dia Nacional do Livro conte quais obras marcaram sua vida! 

Você pode ajudar também por curtir a Página no Facebook e seguir o Instagram da Leia.Seja. Não esqueça de usar a hastag #leiaseja! Simples, não é?


E aí, o que achou da campanha? Vai participar? 🙂 

Artigos relacionados

afroliteraria_obras-james-baldwin

Você conhece todos os livros de James Baldwin publicados no Brasil?

Além de romancista, James Baldwin foi um grande ensaísta, dramaturgo, poeta e militante — principalmente das pautas raciais, sexualidade e identidade. Nascido no Harlem, em...

A humanização das pessoas negras em doze histórias únicas

A humanização das pessoas negras em doze histórias únicas

"As cabeças das pessoas negras", de Nafissa Thompson-spires, é uma obra que apresenta uma terceira via possível — e necessária — para a representatividade de...

Foto da capa de Garota, Mulher, Outras

“Garota, mulher, outras”, uma obra única e plural

A primeira palavra que vem à cabeça ao terminar de ler o livro "Garota, mulher, outras" é: único. A segunda é plural. Um livro diferente...

Leitura Preta: uma obra negra por mês em 2021

Leitura Preta: uma obra negra por mês em 2021

Vamos começar o desafio Leitura Preta 2021! Começamos o Leitura Preta ano passado com o intuito de incentivar o consumo de livros escritos por pessoas...

8 livros sobre a história negra brasileira escritos por pessoas negras

8 livros sobre a história negra brasileira escritos por pessoas negras

A grande parte da história negra brasileira é silenciada, negligenciada, apagada, deteriorada e distorcida. Materiais, registros e produções foram destruídos de um lado; o apagamento...

A nossa história, deixa que a gente conta

A nossa história, deixa que a gente conta

Bem sabemos que em uma história, o herói não é necessariamente a pessoa que perpetua os bons valores éticos e morais. Nem o vilão é...