Geovani Martins, autor de O sol na cabeça

Geovani Martins ganha o Prêmio Rio de literatura em Prosa de Ficção

O Prêmio Rio anunciou esta semana os vencedores de sua 4ª edição. O júri recebeu submissão de 701 obras de autores cariocas para escolher os vencedores nas quatro categorias “Prosa de Ficção”, “Ensaio”, “Poesia” e “Novo Autor Fluminense”.

Nas três primeiras, o prêmio é de R$100 mil. Já a última, exclusivo para livros inéditos, o vencedor recebe R$10 mil, além da publicação de seu livro.

Geovani Martins, autor do fenômeno “O sol na cabeça” venceu na categoria “Prosa de Ficção”. O livro reúne 13 contos sobre a vivência de homens negros das favelas do Rio de Janeiro, mostrando as dificuldades que eles tem de enfrentar a cada dia, pelo racismo, pobreza, violência policial e relacionamentos.

A obra de estréia de Geovani foi um fenômeno de vendas e já foi lançado em nove países. Ele foi levado para a Companhia das Letras quando Antonio Prata o viu declamando um de seus contos na FLIP (Festa Literária de Paraty).

Conheça o livro “O sol na cabeça”.

Notícias afroliterárias

Leia as notícias mais recentes sobre literatura e cultura negra.